Gênero, orçamento e finanças públicos são tema de estudo que será lançado pela Rede

Protesto de mulheres no Brasil

Identificar como a perspectiva de gênero influencia a definição de políticas macroeconômicas no Brasil, Guatemala, Nicarágua e Peru é o objetivo de um estudo da Rede Jubileu Sul/Américas vai lançar em breve. 

Realizado no âmbito do projeto Protagonismo da Sociedade Civil nas Políticas Macroeconômicas, a publicação também analisa como as organizações membro da Rede participam na construção dos processos que definem essas políticas, principalmente as de orçamento, na busca por influenciar e incorporar a perspectiva de gênero. 

Entre os temas abordados nos processos de construção dos orçamentos e políticas macroeconômicas estão saúde, educação, violência, participação feminina nas políticas orçamentárias, urbanização, infraestrutura e sustentabilidade. 

Considerando os conhecimentos e saberes acumulados pelas mulheres das organizações membro do Jubileu Sul/Américas, o estudo ainda compilou as boas práticas de participação e seu impacto nas políticas macroeconômicas. A análise foi realizada pela Rede TransformAÇÃO, selecionada em julho de 2020 por meio de edital.

As propostas teóricas questionam o feminismo liberal e traz o protagonismo das múltiplas vozes feministas historicamente invisibilizadas na América Latina e Caribe, com uma perspectiva do feminismo decolonial e interseccional. 

Oportunamente, a Rede Jubileu Sul/Américas vai divulgar os detalhes do lançamento, que terá atividade virtual transmitida ao vivo.

 

Na imagem, protesto de mulheres no Brasil. Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil/CC

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *